×

Mais dois frigoríficos são impedidos de exportar carne à China devido à Covid-19

A China solicitou que todos os exportadores de carne certifiquem globalmente que seus produtos estão livres do novo coronavírus.

frigorificos 300x200 - Mais dois frigoríficos são impedidos de exportar carne à China devido à Covid-19 - o tempo jornalismo

Enquanto isso, a BRF informou que não foi notificada oficialmente sobre a decisão.

Por causa da preocupação com a Covid-19, a China suspendeu importações de duas processadoras de carne suína do Brasil pertencentes à JBS e à BRF. De acordo com a autoridade aduaneira chinesa, foram restritos todos os embarques. Até o presente momento, 6 unidades de frigoríficos brasileiros foram impedidas de exportar para a China por causa da crescente de casos no Brasil – segundo mais afetado pela pandemia no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos (EUA). Cinco delas foram embargadas pelo país asiático, e uma pelo Ministério da Agricultura brasileiro. A unidade da BRF é a que fica em Lajeado (RS), e foi a primeira companhia a ser suspensa desde o início do surto do coronavírus. A da JBS é a que fica em Três Passos (RS), e é a segunda da companhia a ser suspensa.

O motivo para a ação não foi esclarecido. A China solicitou que todos os exportadores de carne certifiquem globalmente que seus produtos estão livres do novo coronavírus. A JBS e a BRF já fizeram isso, assim como outras processadoras de alimentos no Brasil. Vale lembrar que o país asiático é o maior comprador de carne suína, bovina e de frango no Brasil. A JBS divulgou uma comunicado sobre o assunto, dizendo que não comentaria a decisão. “Estamos adotando todos os esforços para a garantia do abastecimento e da produção de alimentos dentro dos mais elevados padrões de qualidade e segurança além da máxima proteção dos seus colaboradores”.

Enquanto isso, a BRF informou que não foi notificada oficialmente sobre a decisão. “A BRF está está atuando junto às autoridades brasileiras e chinesas, incluindo o Ministério da Agricultura – MAPA, o Ministério de Relações Exteriores – MRE, a Embaixada da República Popular da China no Brasil e o próprio GACC, para reversão da suspensão no menor prazo possível e tomando todas as medidas cabíveis para restabelecer tal habilitação”, afirmou a empresa, em nota. O governo do Brasil afirmou que vai pedir a reabilitação das duas unidades, pois os esclarecimentos já foram feitos à China.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Mais dois frigoríficos são impedidos de exportar carne à China devido à Covid-19 - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas