×

Camacan: Criminosos que soltaram traficante e atiraram em carcereiro são presos

Segundo as autoridades policiais, na Operação, um camacanense, que trabalha em uma pastelaria, também foi preso.

dfr 300x300 - Camacan: Criminosos que soltaram traficante e atiraram em carcereiro são presos - o tempo jornalismo

O preso que foi liberto pela quadrilha, ainda não foi encontrado pelas autoridades policiais.

Na manhã desta quarta-feira (27), foi deflagrada a Operação Invasores com o intuito de dar cumprimento a mandados de prisões Preventivas, resultado de apuração de fato ocorrido no dia (28) de outubro de 2019, ocasião em que a Delegacia de Polícia de Pau Brasil foi invadida por mais de onze homens armados, que arrombaram a porta da frente, deflagrando disparos de arma de fogo para intimidar e inibir a aproximação de testemunhas. Eles entraram na delegacia atirando, dominando o carcereiro atingindo-o com vários disparos, inclusive contra sua cabeça e libertaram o traficante Davi de Jesus Araújo.

De acordo com o delegado Francesco Denis da Silva Santana, no transcorrer das investigações, foram elucidados os crimes definindo-se as autorias, o que possibilitou representações pelas decretações das prisões preventivas dos envolvidos.
Foram expedidos doze mandados de prisão e cumpridos sete até agora: Vinicius Ricardo Santos Rezende (Veny), 22 anos, natural de Itabuna; Isack de Oliveira Pataxó (Léo), 30 anos, de Pau Brasil; Josevaldo Gomes Santos (Kaká), 23 anos, de Camacan; Sávio Nascimento Leal (Sávio da Gameleira ou Coutinho), 24 anos, de Camacan; Fabrício Eden dos Santos Guedes (Zé), 18 anos, de Camacan; Gerdione Pereira de Oliveira (Jhone da Pastelaria), 31 anos, de Potiraguá, e Alex do Nascimento de Oliveira, 20 anos, de Camacan. Um dos  membros do bando, foi morto pela polícia, dia 28 de outubro, dois dias após ter soltado o preso na delegacia de Pau Brasil.
ee3 300x208 - Camacan: Criminosos que soltaram traficante e atiraram em carcereiro são presos - o tempo jornalismo

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Camacan: Criminosos que soltaram traficante e atiraram em carcereiro são presos - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas