×

Após Trump deportar 70 brasileiros, Bolsonaro defende direito de líderes

 O número de brasileiros apreendidos ao tentar atravessar sem documentos a fronteira dos Estados Unidos bateu o recorde de 18 mil em 2019.

IMAGEM NOTICIA 5 2 1 300x221 - Após Trump deportar 70 brasileiros, Bolsonaro defende direito de líderes - o tempo jornalismo

Ele voltou a criticar a nova lei de imigração brasileira, afirmando que é muito permissiva e dá direitos demais aos imigrantes. 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu o direito de líderes governistas, como o americano Donald Trump, de deportar brasileiros que estejam vivendo ilegalmente em outros países. Indagado a respeito do aumento na deportação de brasileiros dos Estados Unidos, Bolsonaro afirmou: “Em qualquer país do mundo onde as pessoas estão de forma clandestina, é um direito do chefe de Estado devolver esses nacionais, as leis têm de ser respeitadas, (deportar) é um direito do chefe de Estado, que está usando da lei”, disse o presidente, ao retornar de almoço com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

Na sexta-feira (24), ao menos 70 brasileiros foram deportados ao Brasil no segundo voo fretado pelo governo dos Estados Unidos com essa finalidade desde outubro. O governo Trump solicitou formalmente a Brasília a autorização para fretar mais voos com o objetivo de deportar brasileiros por imigração irregular. O número de brasileiros apreendidos ao tentar atravessar sem documentos a fronteira dos Estados Unidos bateu o recorde de 18 mil em 2019.

Bolsonaro está em visita oficial de três dias à Índia. Neste sábado, reuniu-se com Modi e assinou 15 acordos com a Índia. No domingo, será convidado de honra do desfile do Dia da República da Índia. O presidente afirmou que lamenta a deportação de brasileiros, mas que é necessário respeitar a legislação. “Lamento que brasileiros que foram buscar novas oportunidades lá fora sejam deportados, mas precisamos respeitar a soberania de outros países”.

Indagado se o Brasil poderia ajudar a identificar esses indivíduos vivendo ilegalmente nos EUA ou no Reino Unido, disse que não, que os países é que devem fazer isso. Ele voltou a criticar a nova lei de imigração brasileira, afirmando que é muito permissiva e dá direitos demais aos imigrantes. “As pessoas chegam no Brasil e têm mais direito que a gente, não deveria acontecer isso, a gente tem que preservar nossos direitos”, disse. “Se abrir as portas como está previsto na lei de imigração vai entrar um fluxo muito grande de pessoas, com muitos direitos”.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Após Trump deportar 70 brasileiros, Bolsonaro defende direito de líderes - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas