×

Paula Fernandes revela que mãe evitou que ela cometesse suicídio: ‘Disse que ia pular’

Durante participação na série, a cantora relembrou quando sentiu a chegada dos primeiros sintomas da depressão aos 16 anos.

IMAGEM NOTICIA 5 4 1 300x221 - Paula Fernandes revela que mãe evitou que ela cometesse suicídio: 'Disse que ia pular' - o tempo jornalismo

“Escolhi a janela. Eu ia pular, porque estava tomada. É como se você não enxergasse um palmo à frente. Você desiste de tudo.

A cantora Paula Fernandes revelou que sua mãe foi fundamental para evitar que ela tirasse a própria vida aos 18 anos. Na época, a cantora sofria de depressão e pensava no suicídio. O fato se tornou público no último domingo (4), no primeiro episódio da série de Drauzio Varella “Não tá tudo bem, mas vai ficar”, que foi ao ar no “Fantástico”.

“Escolhi a janela. Eu ia pular, porque estava tomada. É como se você não enxergasse um palmo à frente. Você desiste de tudo. Não vê possibilidade, perspectiva de nada. Achava que tinha sido derrotada… Minha mãe se desesperou, com medo de fazer um movimento e eu saltar. Abracei a minha mãe. Aquele momento, eu jamais vou esquecer. Foi a minha mãe que me salvou”, relatou a sertaneja.

Segundo o Gshow, no “Encontro” desta segunda-feira (5), Paula, que era uma das atrações convidadas, voltou a tocar no assunto e contou que sua mãe, Dulce de Souza, fez questão de afirmar no momento o quanto a filha é importante para ela. “Ela falou para mim que, como não iria dar conta, iria pular também. Foi a hora que ela me questionou, me assustou: ‘Se você pular, vou pular também, porque não vou aguentar ficar sem você’. A minha mãe foi essencial”, declarou.

Durante participação na série, a cantora relembrou quando sentiu a chegada dos primeiros sintomas da depressão aos 16 anos, mas naquela idade não passava em sua cabeça que ela estava sofrendo do mal do século. Paula contou que sentia taquicardia, dor de cabeça e sentia constantemente falta de ar.

Ela também comentou sobre os tempos mais críticos que passou com a doença, quando passou a ter perda de apetite e sofrer com mudanças em sua aparência. “Quando a minha depressão chegou no ápice – de 0 a 10 chegou a 9 -, o meu cabelo já tinha caído bastante, perdi 7 kg num espaço de tempo curtíssimo, porque eu já não comia”, completou.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Paula Fernandes revela que mãe evitou que ela cometesse suicídio: 'Disse que ia pular' - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas