A justiça decretou a prisão preventiva de Bruno Ricardo Morais de Souza, suspeito de tentar matar a ex-namorada atropelada no domingo (8), na cidade de Angical, no oeste da Bahia, segundo informações do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

O suspeito continua foragido. Ainda conforme o TJ, o pedido de prisão é referente a agressões que Bruno cometeu contra Andreza Sales, de 21 anos, em agosto do ano passado. A jovem continua internada no Hospital do Oeste, em Barreiras, também no oeste baiano.

O estado de saúde dela é estável, conforme informou o delegado José Romero, que está à frente das investigações do caso do atropelamento.  Segundo a polícia, Bruno Ricardo tentou matar a ex-namorada por não aceitar o fim do relacionamento. Não há detalhes de quanto tempo o ex-casal ficou junto. Os familiares da jovem detalharam que a vítima estava em uma moto, de carona com amigos, voltando de uma festa, quando o ex-namorado, que estava em um carro, lançou o veículo contra a motocicleta.

Após o atropelamento, o suspeito fugiu do local sem prestar socorro. A jovem já tinha prestado queixa contra o rapaz, com quem namorou por um ano e estava separada há três meses, segundo informações de familiares. O delegado José Romero confirmou a denúncia da jovem contra o ex e disse que a polícia solicitou medida protetiva para a vítima, mas que ainda não havia sido executada. Depois do atropelamento, o delegado informou que vai fazer novo pedido de medida protetiva ao Ministério Público. (G1)