×

Morre Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU e Nobel da Paz

Em suas gestões na ONU tratou de temas até então considerados periféricos: a pobreza, o drama dos refugiados, o subdesenvolvimento e a Aids.

Sua esposa Nane e seus filhos Ama, Kojo e Nina estavam ao seu lado durante seus últimos dias.

Kofi Annan, ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e Prêmio Nobel da Paz, morreu na madrugada deste sábado (18), aos 80 anos. Nascido em Gana em 1938, o africano estava em um hospital em Berna, na Suíça, segundo informações da fundação Kofi Annan nas redes sociais. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas ele teria sofrido uma doença súbita.

Os detalhes sobre seu funeral ainda estão sendo organizados. “É com imensa tristeza que a família Annan e a Fundação Kofi Annan anunciam que Kofi Annan, ex-Secretário Geral das Nações Unidas e Prêmio Nobel da Paz, faleceu pacificamente neste sábado (18) após uma breve doença.

Sua esposa Nane e seus filhos Ama, Kojo e Nina estavam ao seu lado durante seus últimos dias”. Formado em Economia, ele foi educado nos Estados Unidos e na Suíça e foi o primeiro negro a assumir o cargo de chefe da ONU, onde ficou por dois mandatos, de 1997 a 2006.

Em suas gestões na ONU tratou de temas até então considerados periféricos: a pobreza, o drama dos refugiados, o subdesenvolvimento e a Aids. Também foi enviado especial da ONU na Síria, e liderou esforços para encontrar uma solução pacífica para o conflito. (Correio)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

  • últimas notícias
  • mais lidas