×

Ibope: Bolsonaro sobe para 26%; outros candidatos embolam no 2º lugar

O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Na pesquisa anterior, do dia 5 de setembro, o candidato tinha 22%.

Uma nova pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (11) confirmou uma ampliação da vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) nas intenções de voto para à Presidência da República, após o atentado em Juiz de Fora. Segundo o estudo, Bolsonaro subiu quatro pontos e chegou aos 26%. Na pesquisa anterior, do dia 5 de setembro, o candidato tinha 22%.

A Ibope foi divulgada um dia após a Datafolha também mostrar um fortalecimento do candidato do PSL depois de ser atacado com uma faca.  Ainda segundo o levantamento, o segundo lugar e vaga para o segundo turno ainda é bastante incerto. Aparecem empatados Ciro Gomes (PDT), com 11%, Marina Silva (Rede), que caiu três pontos para baixo e aparece com 9% e Geraldo Alckmin (PSDB) que segue com 9%, mesmo porcentual da pesquisa anterior.

O candidato do PT Fernando Haddad (PT), que teve o nome oficializado nesta terça-feira oscilou dois pontos para cima e registrou 8% das citações no cenário estimulado, ou seja, quando os nomes dos candidatos são disponibilizados ao eleitor consultado pelo instituto. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, a pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 10 de setembro. Foram realizadas 2.002 entrevistas com eleitores de 145 cidades.

A margem de erro estimada é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. A pesquisa foi contratada por IBOPE Inteligência Pesquisa e Consultoria LTDA e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR05221/2018. (Folha)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

  • últimas notícias
  • mais lidas