×

Governador de Santa Catarina é alvo de operação da polícia

O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que justificou que "o objetivo da operação é subsidiar o inquérito que apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia.

carlos moises 300x180 - Governador de Santa Catarina é alvo de operação da polícia - o tempo jornalismo

De acordo com a publicação, os investigadores buscam provas da relação entre Carlos Moisés, sua equipe e empresários que venderam 200 respiradores ao governo.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, é um dos alvos de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (30). A corporação cumpre mandados de busca e apreensão contra ele e outros dois integrantes da gestão catarinense. Segundo o blog Radar, da Veja, as medidas foram autorizadas pelo ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que justificou que “o objetivo da operação é subsidiar o inquérito que apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia da Covid-19 no estado”.

O contrato em questão movimentou R$ 33 milhões. De acordo com a publicação, os investigadores buscam provas da relação entre Carlos Moisés, sua equipe e empresários que venderam 200 respiradores ao governo. Até o momento, as investigações indicam a suposta participação do governador na contratação da empresa Veigamed. Na avaliação do Ministério Público Federal (MPF), há elementos que demonstram a formação de um esquema criminoso de desvio de dinheiro público.
“Tais delitos comprometem a higidez e a credibilidade do governo do estado de Santa Catarina e põem em risco a saúde e a vida de toda a população catarinense, acometida dos males decorrentes do Covid-19”, argumentou o MPF. Os investigadores também apuram se houve lavagem de dinheiro, mediante ocultação e distanciamento da origem dos recursos públicos desviados da compra de respiradores. (BN)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Governador de Santa Catarina é alvo de operação da polícia - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas