×

Futuro dos antibióticos: ‘Bombas genéticas’ atacam bactérias resistentes

A estrutura criada pelos cientistas, comparada por eles como uma "granada genética", carrega uma carga explosiva e um alfinete de segurança.

IMAGEM NOTICIA 5 2 3 300x221 - Futuro dos antibióticos: 'Bombas genéticas' atacam bactérias resistentes - o tempo jornalismoUma “bomba genética” foi desenvolvida por cientistas para atacar bactérias resistentes sem matar aquelas que são boas para o organismo. Segundo o pesquisador do Instituto Pasteur e autor de um estudo sobre o tema, Didier Mazel, “o desenvolvimento dessas abordagens direcionadas é essencial” no sentido de combater a resistência das bactérias aos antibióticos, que tem sido constatada de maneira crescente.

O médico apontou, segundo o Uol, que quando se toma um antibiótico, o tratamento não faz nenhuma seleção. A substância ataca as bactérias responsáveis por doenças, mas também as bactérias benéficas que vivem nos organismos das pessoas. “Ao matar todas as bactérias, criamos um enorme espaço para aquelas que resistem, já que não têm mais competidoras”, disse Didier Mazel.

A estrutura criada pelos cientistas, comparada por eles como uma “granada genética”, carrega uma carga explosiva e um alfinete de segurança. Uma toxina é ativada apenas na presença de uma molécula específica da bactéria-alvo. Isso permite matar as bactérias responsáveis por doenças sem atacar as boas bactérias da flora intestinal.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Futuro dos antibióticos: 'Bombas genéticas' atacam bactérias resistentes - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas