×

Em ligação, Silvio Santos diz que quer ver Bolsonaro por oito anos na Presidência; veja

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que tem intenção de fazer com que todos vivam bem e em harmonia no Brasil.

O presidente eleito Jair Bolsonaro participou na noite deste sábado (10) do Teleton, no SBT, e recebeu elogios do apresentador Silvio Santos, que externou seu desejo de ver o capitão da reserva em um mais mandato na Presidência da República. Bolsonaro surpreendeu o dono da emissora, ao ligar diretamente para o programa para pedir doações em favor da Associação Brasileira de Assistência para a Criança Brasileira (AACB). Na conversa, de pouco mais de seis minutos, Silvio elogiou as primeiras medidas anunciadas pelo presidente eleito. “Começou acertando”, disse Silvio.
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que tem intenção de fazer com que todos vivam bem e em harmonia no Brasil. Segundo ele, é preciso “transformar o nosso País” em um local onde todos consigam conviver mais felizes. O esforço, de acordo com Bolsonaro, é conjunto de todos aqueles que contribuem para o governo eleito. Silvio desejou ainda que Bolsonaro fique por oito anos no governo e mostrou entusiasmo principalmente pela escolha do juiz federal Sergio Moro para o Ministério da Justiça (que agregará a Segurança Pública e parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras, o Coaf). Disse que acredita que o magistrado pode ser sucessor de Bolsonaro na Presidência.
O empresário afirmou ainda que foi a primeira vez que um presidente da República ligou para ele durante o Teleton e pediu que Bolsonaro não anunciasse publicamente o valor da sua doação.
“Presidente, eu fico muito contente por receber um telefonema seu. Isso porque, nesses 21 anos em que faço o Teleton, é a primeira vez que um presidente me dá esse prazer. Então gostaria de cumprimentá-lo, de parabenizá-lo”, disse o dono do SBT.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

  • últimas notícias
  • mais lidas