×

Agressor de Bolsonaro aparenta calma e chama de ‘incidente’ o violento atentado contra a vida do candidato

Embora pretendíamos pelo menos dar uma resposta, um susto, alguma coisa dessa natureza, entendeu? E houve, aconteceu", diz Adélio no vídeo.

Adélio Bispo de Oliveira está preso preventivamente no presídio federal de Campo Grande (MS).

Adélio Bispo de Oliveira, preso por dar uma facada no candidato à Presidência Jair Bolsonaro, chamou de “incidente” o violento atentado contra a vida do candidato. No vídeo, que tem duração de 11 minutos e foi feito durante uma entrevista de custódia um dia após o ataque em Juiz de Fora (MG), o agressor aparenta calma e responde de maneira articulada às perguntas da juíza Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho

“O incidente, o imprevisto que terminou, digamos assim, de forma problemática. Discordâncias em certos pontos, em diferentes pontos. Seguimos assim. Não saberia nem expressar, mas o fato ocorreu, entendeu? Houve um ferimento, correto? Embora pretendíamos pelo menos dar uma resposta, um susto, alguma coisa dessa natureza, entendeu? E houve, aconteceu”, diz Adélio no vídeo.
Ao responder a uma pergunta de seu advogado de defesa, Adélio afirma que cometeu o atentado por se sentir “literalmente ameaçado” pelo candidato do PSL, e que o ataque teve motivações políticas e religiosas.
Desde sábado (8), Adélio Bispo de Oliveira está preso preventivamente no presídio federal de Campo Grande (MS). Ele foi indiciado pela Polícia Federal por atentado pessoal por inconformismo político. (G1)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

  • últimas notícias
  • mais lidas