×

Equipe do Major Penalva prende quarteto por portar arma de fogo e roubo a motocicleta

Após ter furtado a motocicleta em arataca eles passaram pelo distrito de Itatingui e chegaram a Buerarema onde foram capturados.

O grupo estava de posse de um veículo fox vermelho praticando assaltos na região.

A Polícia Militar do Município de São José da Vitória, prendeu por volta das 15:30hs, desta sexta-feira (15), na BR-101, os seguintes suspeitos: Reginaldo dos Santos Ribeiro, Edmundo Souza dos Santos, Elivelton Souza Correia e Ivanilda Lima Matos. Pesa contra eles sérias acusações de furtos e assalto a mão armada. O quarteto estava de posse de um veículo VW-Fox, de cor vermelha, placas de São Paulo DSG – 0163, uma motocicleta Bros, três celulares, seis cartuchos de revólver calibre 38, além de R$ 72 reais em especie. De acordo com o Major Penalva, o grupo havia praticado um assalto na cidade de Arataca, em seguida no distrito de Itatingui e, na sequência fugia em direção a São José da Vitória. 

Ao deslocar da cidade em direção a BR-101, a guarnição avistou o carro com as mesmas características e efetuou o acompanhamento, conseguindo pará-lo próximo ao Posto Cacau já na cidade de Buerarema. A equipe contou com o apoio da guarnição do CETO do 15º BPM e também da guarnição de Buerarema. Ao efetuar abordagem ao veículo, os policiais encontraram os objetos citados.

Segundo ainda o Comandante, os quatro ocupantes do veículo foram presos em flagrante e apresentados no CPI, sendo que Elivelton Souza Correia, assumiu ser o proprietário da arma e que também teria roubado uma motocicleta na cidade de Arataca, mas abandonou o veículo pelo caminho. Ao indicar o local exato onde a moto se encontrava, os policiais foram até lá e conseguiram recuperá-lo. Os envolvidos foram presos por por e ilegal de arma de fogo e furto. Todos ficaram detidos  e encaminhados para Itabuna, ficando á disposição das autoridades competentes.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.