×

Camacan: Ex-carcereiro é nomeado Comandante da Guarda Municipal

Pelo menos ao longo de uma década, Delmo vem lutando para realizar o sonho de implantar a Guarda Municipal de Camacan

Segundo Delmo ao centro, a Guarda fará de tudo para que seus subordinados venham ser atuantes

Uma aquisição de luta, muito trabalho e suor, essa é a política de valorização que concedeu ao ex- carcereiro Delmo Souza a patente de Comandante do corpo efetivo da Guarda Civil Municipal de Camacan. Como parte do corpo da diretoria do Sindicato dos Guardas da Bahia (Sindiguardas), o profissional já compunha o quadro de Comandante adjunto, através de uma portaria estadual, mas que a partir de agora, passa de fato integrar a função sob o decreto de número municipal 2.580 de 06 de março de 2018.

 Além do Comandante, existe a hierarquia da categoria, na linha de sucessão, o Comandante terá Quelson Araújo, como Subcomandante. Segundo ele a Guarda fará de tudo para que seus subordinados venham ser atuantes e serão ordenados a promoverem a segurança em praças, Avenidas, colégios, e os principais logradouros públicos, bem como melhorar o trabalho em equipe, oferecendo sempre o melhor para o bem estar da segurança pública de qualidade.

Delmo à direita, agora é de fato comandante oficial da Guarda Mu municipal Civil de Camacan.

Ele destacou que no ano passado, iniciou-se um mapeamento nos postos de serviços e anotou um grande índice de faltas sem justificativas, por parte dos servidores. Foi verificado o abandono de postos de serviços, e outros comportamentos que não condizem com a instituição.

“O objetivo é primar o trabalho, por meio de um serviço de excelência e valorizar ainda mais os servidores, por isso buscamos fazer o levantamento da situação atual da Guarda e assim, aplicar as melhorias necessárias”, disse.

De acordo ainda com ele, uma das metas prioritárias é a conquista de uma sede própria, fardamentos, viaturas e a busca por parcerias e convênios para a realização de cursos profissionalizantes para melhor preparar os membros da corporação.

“Estamos firmando parcerias com outras Guardas, a exemplo de Ilhéus e Itapetinga, para que atuem como operadores da segurança pública também da cidade Camacã”, finaliza o Comandante.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.