×

Arataca: Dupla de traficantes morre em confronto com a PM

Ao avistarem a viatura, entraram na residência, mas o local foi cercado. Quando os militares se aproximaram, foram recebidos a tiros, houve revide.

Com os elementos os policiais encontraram armas e drogas, no local onde eles se encontravam.

Dois traficantes foram mortos em troca de tiros com a Peto da Polícia Militar de Camacan por volta das 16:45hs, desta segunda-feira (3), na cidade de Arataca. A princípio, populares informaram que dois elementos, vinham cometendo tráfico de drogas e a prática de assaltos na cidade, e que os mesmos eram apontados de cometerem alguns homicídios ocorridos nos últimos dias. A informação dava conta que os indivíduos estavam escondidos em uma casa de cor verde na Rua Marinho Pacífico.

De posse destas informações, a guarnição foi até o local e ao chegar na rua, eles estavam na porta da casa apontada pela denúncia. Ao avistarem a viatura, entraram na residência, mas o local foi cercado. Quando os militares se aproximaram, foram recebidos a tiros, houve revide. Ao término do tiroteio, os traficantes estavam alvejados caídos ao chão, porém com vida.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Camacan Major Ricardo Penalva, os policiais prestaram socorro imediato aos feridos, deslocando-se para a Maternidade Nossa Senhora da Conceição, unidade de saúde do Município, mas como estava sem médico plantonista, então, foram transferidos para a Fundação Hospitalar de Camacan, mas na emergência, foi constatado que a dupla já se encontrava sem os sinais vitais.

Ao sair do hospital, a PM voltou para Arataca, deixando os corpos no necrotério do cemitério, ficando à disposição das autoridades do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, (DPT), para serem necropsiados. Com eles os policiais encontraram:

17 (Dezessete) pedras de crack
01 (Um) celular de marca LG
01 (Um) revólver calibre .32 de marca não identificada
23 (Vinte e três) munições de calibre .32, sendo 11 (onze) percutidas, 11(onze) intactas e 01 (uma) deflagrada
01 (Um) revólver calibre .38 de marca Taurus, de numeração 330371
13 (Treze) munições .38, sendo 06 (seis) deflagradas e 07 (sete) intactas
01 (Um) relógio de marca Oakley de cor preta.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

  • últimas notícias
  • mais lidas