×

Justiça autoriza o abate de jumentos

Eles receberam autorização para exportar para o país asiático.

jumentos 300x234 - Justiça autoriza o abate de jumentos - o tempo jornalismo

Entre outros argumentos, denúncias de maus tratos em um frigorífico de Itapetinga e a importância do jumento para a cultura nordestina.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região concedeu na quinta-feira (12), decisão favorável aos frigoríficos da Bahia que abatem jumentos. O TRF1 derrubou a liminar que proibia o abate deste tipo de animal no estado. A proibição estava em vigor desde dezembro e atendia a uma solicitação de cinco entidades de defesa dos animais. Na época, elas entraram com uma ação civil pública contra a União e a Bahia.

Entre outros argumentos, denúncias de maus tratos em um frigorífico de Itapetinga e a importância do jumento para a cultura nordestina. As alegações das entidades tinham sido acatadas pela Justiça Federal na Bahia em primeira instância. Os frigoríficos do estado foram obrigados a suspender o abate de jegues, que geravam uma receita aproximada de mais de 40 milhões de dólares através do comércio da carne, tendo como principal mercado a China.
Na decisão, o vice-presidente do TRF, Kassio Marques, entendeu que a liminar feria a economia pública. Ela interrompeu atividades, impossibilitou a comercialização dos produtos e promoveu déficit na geração de emprego e renda. A reviravolta no processo acontece na mesma semana em que os chineses anunciaram a habilitação de 25 novos frigoríficos brasileiros. Eles receberam autorização para exportar para o país asiático. Entre os novos habilitados, o único da Bahia era o Frigorífico Nordeste – Pecuária, Indústria e Comércio. Conhecido como Frinordeste, do município de Amargosa, ele é um dos três frigoríficos especializados no abate de jumentos.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Justiça autoriza o abate de jumentos - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas