×

Jornalista denuncia racismo em Casas Bahia de F. de Santana

No momento da abordagem, Valmiro falava com o irmão e informou apenas que veria alguns aparelhos, mas que preferia ser atendido depois que saísse da ligação, que demorou cerca de 15 minutos.

za - Jornalista denuncia racismo em Casas Bahia de F. de Santana - o tempo jornalismoO jornalista Valmiro Ferreira Júnior denunciou ter sido vítima de racismo após entrar em uma unidade das Casas Bahia, na cidade de Feira de Santana, na Bahia. Ele relatou ter ido a loja para realizar uma pesquisa de preço de aparelhos celulares e televisores, quando foi abordado por funcionários da loja, que questionaram a sua presença. De acordo com o jornalista, ele estava falando ao celular com o irmão, quando um fiscal de loja, que fazia a segurança do estabelecimento, o interpelou de forma rude, questionando a sua presença no estabelecimento.

No momento da abordagem, Valmiro falava com o irmão e informou apenas que veria alguns aparelhos, mas que preferia ser atendido depois que saísse da ligação, que demorou cerca de 15 minutos. A vítima relata, ainda, que enquanto falava com o irmão, seguiu olhando os itens da loja, quando notou a chegada de uma equipe da Polícia Militar. “Fui humilhado, me senti muito mal, estou ainda doente com a vergonha que senti. Muitos clientes olhando para mim e pensando: poxa, será que esse cara é ladrão?”, contou o jornalista em entrevista à TV Bahia.

 Valmiro afirmou que foi abordado de forma educada pelos policiais, mas que se sentiu constrangido, já que os policiais estavam armados e perguntaram o que ele fazia na loja e exigindo os seus documentos. O caso ocorreu em março, mas Valmiro foi chamado para ser ouvido pela polícia na semana passada. Agora, ele aguarda o fim das investigações e o encaminhamento do inquérito à Justiça. Em nota, a Casas Bahia disse que “repudia veementemente todo e qualquer ato discriminatório em suas dependências” e acrescentou que possui claros em seu código de ética e conduta para evitar esse tipo de situação. A loja também diz que está apurando o ocorrido.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Jornalista denuncia racismo em Casas Bahia de F. de Santana - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas