×

Jesus Morlán, técnico de Isaquias Queiroz e Erlon de Souza, morre de câncer aos 52 anos

Diagnosticado com câncer cerebral em novembro de 2016, ele lutou dois anos contra a doença. 

 O COB decretou luto oficial por três dias e terá sua bandeira hasteada a meio mastro neste período.

Morreu neste domingo (11), em Belo Horizonte (MG), o técnico espanhol Jesus Morlán, 52, que foi o responsável por fazer do brasileiro Isaquias Queiroz um dos principais nomes do esporte brasileiro ao revolucionar a canoagem velocidade no país e ganhar três medalhas olímpicas na Rio-2016. Diagnosticado com câncer cerebral em novembro de 2016, ele lutou dois anos contra a doença.

A morte foi informada pelo COB ​(Comitê Olímpico do Brasil), que o contratou para trabalhar como técnico da seleção brasileira de canoagem velocidade em 2013, assim que Isaquias surgiu como esperança. Ex-treinador de David Cal, maior medalhista da história da Espanha em Jogos Olímpicos, Morlán levou Isaquias, sozinho e em dupla com Erlon de Souza, a ganhar as três medalhas nos últimos Jogos Olímpicos, sendo duas de prata e uma de bronze.
Ali, Isaquias se tornou o maior multimedalhista brasileiro de uma só edição dos Jogos. Em Mundiais, Isaquias e Erlon somam dez medalhas. O COB decretou luto oficial por três dias e terá sua bandeira hasteada a meio mastro neste período. (Folha de São Paulo)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

  • últimas notícias
  • mais lidas