×

Jerônimo cogita não renovar concessão com a Coelba

O que diz respeito à distribuição da energia hoje oferecido pelo grupo Coelba, fiz críticas.

jeronimo-cogita-nao-renovar-coO governador Jerônimo Rodrigues falou, nesta sexta (1), que existe a possibilidade do Estado não renovar a concessão de distribuição de energia elétrica com a Neoenergia Coelba. Segundo ele, em 2026 vence o contrato para diversos Estados, inclusive a Bahia. Ele afirmou que tem se queixado dos serviços prestados para proteger os direitos da população. “Da mesma forma que eu faço com a Coelba internamente eu chamo a Embasa e faço, não há problema para mim, o meu lugar é esse. Já conversei com o Lula, uma das primeiras conversas com Lula que eu tive enquanto governador, foi sobre fornecimento de energia.
Primeiro foram linhas de transmissão que o governo passado não tinha mais leiloado, porque a gente tá produzindo energia eólica, energia solar, e onde joga essa energia produzida se você não tem linhas de transmissão? O que diz respeito à distribuição da energia hoje oferecido pelo grupo Coelba, fiz críticas, sei que o prazo deles é 2026, estou bastante atento, conversando com o ministro Rui Costa, com o ministro de Minas e Energia, porque não dá pra gente renovar um serviço que não está a contento do que a gente espera. Então, eu vou voltar a conversar com os dois ministros que citei, antes de colocar na mesa do Lula, qual a minha postura.
Quem concede não é o Estado, quem concede é a união, eu tô colocando enquanto um Estado consumidor de uma empresa que presta serviço e eu tenho que dizer como é que eu tô vendo esse serviço eu não vou me omitir de forma nenhuma. Eu vou ter que conversar com a empresa”, disse Jerônimo.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

  • últimas notícias
  • mais lidas