×

Itabuna e Ilhéus somam 130 homicídios em 2020

Nos últimos dias, a disputa sangrenta pelo poder do tráfico vem causando terror em Ilhéus. Várias pessoas estão sendo executadas de maneira cruel e, algumas, sem nenhum envolvimento com a criminalidade.

Capturar 7 300x173 - Itabuna e Ilhéus somam 130 homicídios em 2020 - o tempo jornalismo

Ele era da facção Raio A, e estava indo constantemente no bairro Vila Anália que é DMP. Tiago foi surpreendido e morto a tiros. As autoridades policiais estão tentando coibir as facções.

Não é surpresa vermos as cidades de Itabuna e Ilhéus, no Sul da Bahia, com altos índices de homicídios. A prova disso é que 2020, segue a tendência de anos anteriores. Juntas, as duas totalizam 130 homicídios. Em Itabuna são 60 execuções e Ilhéus 70. Apenas algo nesse ano de 2020 chama a atenção. Pela primeira vez, Ilhéus tem mais homicídios que Itabuna, fato nunca ocorrido. A maioria dos homicídios, cerca de 98%, tem relação com a disputa do tráfico de drogas, envolvendo as facções criminosas Raio A, DMP e TCP.

Nos últimos dias, a disputa sangrenta pelo poder do tráfico vem causando terror em Ilhéus. Várias pessoas estão sendo executadas de maneira cruel e, algumas, sem nenhum envolvimento com a criminalidade. Exemplo disso, foram os quatro baleados no bairro do Malhado na última sexta-feira (11), e mulheres sendo mortas e esquartejada ou desovadas em baías da cidade em agosto. A ordem para os crimes, estão sendo dadas por criminosos, líderes das facções, que estão fora ou dentro dos presídios de Itabuna e Ilhéus. A facção TCP (Tudo3), de Ilhéus, está tentando comandar toda a cidade, expulsando de vez os rivais do Raio A. Para isso está recebendo ajuda dos comparsas do DMP de Itabuna.
A prova disso foi, em agosto, quando três jovens bandidos, pertencentes ao DMP das ruas Ladário, Samuel Tomas e Brasília no bairro Califórnia, morreram em confronto com a Polícia Militar dentro de um táxi, quando iam fazer um ataque em Ilhéus. Já em Itabuna, as facções estão monitorando os rivais, para agir no momento certo. Prova disso, foi a morte de Tiago Argolo, 24 anos, no domingo (13). Ele era da facção Raio A, e estava indo constantemente no bairro Vila Anália que é DMP. Tiago foi surpreendido e morto a tiros. As autoridades policiais estão tentando coibir as facções.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Curta Nossa Fan Page

banner whats 300x95 - Itabuna e Ilhéus somam 130 homicídios em 2020 - o tempo jornalismo

  • últimas notícias
  • mais lidas