×

Acusados de matar radialista em Eunápolis são absolvidos por júri popular

Os sete jurados, em sua maioria, não consideraram consistentes as provas contra os acusados. 

Segundo informações do site Radar 64, eles haviam sido acusados pelo Ministério Público como autores intelectuais do assassinato do radialista.

Foram absolvidos os quatro acusados de matar o radialista Ronaldo Santana, há 20 anos. A decisão foi tomada pelo júri popular, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (16), no fórum de Eunápolis. Por volta das 14h, o juiz Otaviano Andrade Sobrinho anunciou que os sete jurados, em sua maioria, não consideraram consistentes as provas contra os acusados.

Entre os réus do crime estão o ex-prefeito de Eunápolis Paulo Dapé, à época chefe do executivo da cidade e o atual vereador Valdemir Batista Oliveira, o bancário Antônio Oliveira Santos e a mãe de santo Maria Sindoiá.
Segundo informações do site Radar 64, eles haviam sido acusados pelo Ministério Público como autores intelectuais do assassinato do radialista, que aconteceu em outubro de 1997. Os promotores pediram a condenação de Paulo Dapé como mandante e os outros três réus como participantes. (Pimenta)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.