Vice de Cabrália assume prefeitura após gestor ser afastado

Eles se apresentaram à PF nesta quarta-feira (8). Uma decisão judicial motivou a Operação Fraternos, deflagrada nesta terça (7).

A saída de Agnelo ocorre, segundo a Polícia Federal, pelo envolvimento dele em uma quadrilha de criminosos que fraudou 33 licitações.

Carlos de Jesus Vieira, o Carlos Lero (PSC), vice-prefeito de Santa Cruz Cabrália, no Extremo Sul da Bahia, assumiu nesta quarta-feira (8) a prefeitura por decisão do Tribunal Federal da 1ª Região, em Brasília, que afastou do cargo o prefeito Agnelo Santos (PSD). A saída de Agnelo ocorre, segundo a Polícia Federal, pelo envolvimento dele em uma quadrilha de criminosos que fraudou 33 licitações cujos contratos somam quase R$ 200 milhões.

A suposta fraude ocorre, desde 2009, em Santa Cruz Cabrália, além de Porto Seguro e Eunápolis, onde os prefeitos Cláudia Oliveira e José Robério Batista de Oliveira, ambos casados e do PSD, também foram afastados. Eles se apresentaram à PF nesta quarta-feira (8). Uma decisão judicial motivou a Operação Fraternos, deflagrada nesta terça (7), com o objetivo de desmantelar a quadrilha.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.