Camacan: Antenista Thiago Santana, sai do coma, seu quadro clínico é estável

A informação é do patrão da vítima, identificado como Fred Sat, para quem os dois jovens trabalhavam como antenistas.

Infelizmente Côco ao fundo, faleceu após o acidente e Thiago Silva, continua internado no Base de Itabuna.

O antenista Thiago Santana, 21 anos, envolvido em um trágico acidente, o qual morreu seu companheiro  de trabalho, Erick Barbosa (Côco), 23 anos, quando colidiram na Ba-027, que liga Camacan a Pau Brasil, com o carro funerário da São Lázaro, na quinta-feira (14), saiu do coma, e seu quadro clínico é estável. A informação é do patrão da vítima, identificado como Fred Sat, para quem os dois jovens trabalhavam como antenistas.

Após o acidente o corpo de Côco, como era conhecido, foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, (DPT), enquanto Thiago, foi transferido com graves ferimentos e ainda encontra-se internado no Hospital de Base de Itabuna. Informações apontam que Thiago, sofreu fratura exposta no braço direito e um corte profundo na testa e ainda hematomas pelo corpo, após a queda no asfalto. Homenagem

A dupla vivia trabalhando sempre em parceira na mesma empresa.

Amigos e familiares de Coco e Thiago, fizeram uma grande passeata pelas ruas da cidade, na tarde desta sexta-feira (14), quando o corpo chegou, numa demonstração de carinho, pois os dois rapazes, filhos de Camacan, criaram uma rede de amizade bastante positiva. Eram muito amigos da comunidade, uma dupla que andava e viajava em parceria, tanto na vida social como no trabalho que eles escolheram para sua sobrevivência. Na manhã deste sábado, Fred, patrão dos jovens, foi com a família de Thiago, visitá-lo no hospital em Itabuna.

O Portal O Tempo Jornalismo, se solidariza, com os familiares de Côco e torce pela breve recuperação de Thiago, Dois jovens populares, que com sua humildade e simpatia, fizeram muitos muitos amigos, cativando a todos com seu bom humor. Redação / O Tempo jornalismo

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.