Julianna Margulies acusa Steven Seagal de assédio e ameaça com arma

"A assistente dele disse que ia me deixar no hotel, e eu respondi que não iria me reunir com Weinstein sozinha.

Ele estava sozinho e fez questão de que eu visse que ele estava armado.

Após os últimos escândalos sexuais envolvendo famosos, mais um caso de abuso na indústria cinematográfica vem à tona. Desta vez, a atriz Julianna Margulies (51), que viveu a advogada Alicia Florrick em “The Good Wife”, acusa Steven Seagal (65) de assédio. De acordo com o Hollywood Reporter, durante uma entrevista concedida ao programa de rádio “Just Jenny”, na última sexta-feira (3), a artista contou que o incidente aconteceu no início de sua carreira, quando tinha 23 anos, ao ser convidada por uma diretora de elenco para encontrar com Seagal. “Eu cheguei ao hotel por volta das 22h40, e a diretora não estava lá.

Ele estava sozinho e fez questão de que eu visse que ele estava armado. Eu nunca tinha visto uma arma de verdade antes”, lembrou Margulies. “Eu não fui estuprada e nunca me machucaram. Não sei como consegui sair daquele quarto de hotel”, acrescentou. Ela disse ainda ter passado por caso semelhante com o produtor Harvey Weinstein, mas que, daquela vez, se negou a ir uma reunião sozinha com ele. “Por causa da minha experiência com Steven Seagal naquele quarto de hotel, eu me recusei a encontrar com Weinstein quando uma assistente dele me disse que ‘provavelmente eu teria um teste de cena'”, contou. “A assistente dele disse que ia me deixar no hotel, e eu respondi que não iria me reunir com Weinstein sozinha. Percebi como ela começou a ficar tensa.

Dizia para eu não ser teimosa, porque daria tudo certo”, disse Julianna Margulies, lembrando que obrigou a assistente a acompanhá-la na reunião. “Pude ver que tinha velas no quarto e jantar para duas pessoas. Também percebi que ele olhava feio para ela. Ele se virou para mim, furioso, e afirmou que ‘só queria me dizer que fiz um bom teste’. E bateu a porta. Não preciso dizer que não fiquei com o papel”, revelou a artista. Harvey Weinstein, que foi expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, é acusado de assédio por diversas mulheres, a exemplo de Ashley Judd, Rose McGowan e Lupita Nyong’o.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.