House of Cards: Após anunciar cancelamento da série, Netflix estuda produzir spin-offs

Segundo informações do The Hollywood Reporter, a empresa vem discutindo esta questão há meses.

Uma terceira opção seria centrar nos jornalistas e blogueiros que tentam desmascarar Underwood, como Janine Skorsky (Constance Zimmer) e Tom Hammerschmidt (Boris McGiver).

Depois de suspender gravações e anunciar o cancelamento de “House of Cards”, em virtude do escândalo envolvendo o protagonista Kevin Spacey, que foi acusado de assédio sexual, a Netflix estuda a possibilidade de realizar spin-offs da série, sem o ator.

Segundo informações do The Hollywood Reporter, a empresa vem discutindo esta questão há meses. Uma das possibilidades seria produzir um seriado centrado em Doug Stamper (Doug Stamper), chefe dos funcionários do presidente Frank Underwood. Outra alternativa seria explorar bilionários influentes no cotidiano de Capitol Hill, como Raymond Tusk (Gerald McRaney).

Uma terceira opção seria centrar nos jornalistas e blogueiros que tentam desmascarar Underwood, como Janine Skorsky (Constance Zimmer) e Tom Hammerschmidt (Boris McGiver). Ainda não se sabe quantos spin-offs serão de fato realizados pela Netflix.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.