Érico Brás e Kenia Maria são indenizados em R$ 35 mil após expulsão de avião

Ainda segundo a publicação, o processo se deu no 23º Juizado Especial Cível do Rio, cidade onde vivem os artistas.

O casal moveu a ação contra a empresa, alegando que o comandante, que chamou a Polícia Federal e os expulsou do avião, teria cometido racismo.

Os atores Érico Brás e Kenia Maria foram indenizados na Justiça após terem sido expulsos de um avião, em março deste ano, em um vôo que ia de Salvador ao Rio de Janeiro. De acordo com informações da coluna de Ancelmo Gois, em O Globo, o casal venceu uma ação contra a Avianca, que foi condenada a pagar uma indenização de R$ 35 mil, por danos morais. Ainda segundo a publicação, o processo se deu no 23º Juizado Especial Cível do Rio, cidade onde vivem os artistas. O casal moveu a ação contra a empresa, alegando que o comandante, que chamou a Polícia Federal e os expulsou do avião, teria cometido racismo, após uma discussão sobre bagagem de mão.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.