Fora dos planos do Palmeiras, ex-Bahia Allione é alvo do Racing, da Argentina

Campeão da Copa do Nordeste no ano passado, Allione disputou 43 jogos com a camisa tricolor e marcou três gols.

“Eu cheguei à noite de São Paulo, passei quatro dias assistindo aos treinamentos, ao primeiro amistoso de pré-temporada que fizeram (jogo-treino contra o Atibaia).

Após deixar o Bahia no fim da última temporada, a expectativa era de que Allione fosse utilizado pelo Palmeiras em 2018. No entanto, o destino do jogador seve ser seu a país natal, a Argentina. Após a contratação de Gustavo Scarpa nesta segunda-feira (15) e a divulgação da lista de atletas inscritos para o Paulistão, a qual não conta com o nome de Allione, o intuito do seu agente, Tomás Budelli, é negociá-lo. E, neste contexto, o Racing surge como um dos interessados.

“Eu cheguei à noite de São Paulo, passei quatro dias assistindo aos treinamentos, ao primeiro amistoso de pré-temporada que fizeram (jogo-treino contra o Atibaia). Disse ao clube (Palmeiras) que não quero que ele fique, quero que ele vá, porque ele precisa jogar e creio que (no Palmeiras) ele não vai jogar. E soube hoje que o Palmeiras contratou Scarpa, do Fluminense, que é da mesma posição dele, das mesmas características”, disse o empresário, em entrevista à Late FM, da Argentina.

De acordo com Budelli, há outros clubes interessados em Allione além do Racing. “Ele (Allione) teve um excelente ano no Bahia em todos os aspectos e quer ir para onde vá jogar. Se é na Argentina, no Racing, vamos ter uma conversa e ver se amanhã ou depois conseguimos avançar formalmente”, endossou.

Campeão da Copa do Nordeste no ano passado, Allione disputou 43 jogos com a camisa tricolor e marcou três gols. Na lista do Campeonato Paulista, o técnico Roger Machado optou pelos meias Alejandro Guerra, Michel Bastos e Lucas Lima – ainda há mais uma vaga que será preenchida por Scarpa.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.