Ex-jogador do Grêmio tem R$ 400 mil furtados de apartamento

O objetivo é não atrapalhar o trabalho de identificação e prisão da envolvida.

A mulher ficou na residência por aproximadamente 10 minutos.

O meia Maxi Rodríguez esteve em Porto Alegre na última semana para receber valor referente a uma dívida que tinha com o Grêmio e teve o dinheiro, aproximadamente R$ 400 mil, furtado de dentro do seu apartamento no bairro Menino Deus. O delegado César Carrion, da 2ª DP de Porto Alegre, onde foi realizado o boletim de ocorrência, tem imagens de vídeo do ocorrido e investiga pessoas ligadas ao jogador uruguaio.

 Na quinta-feira, um dia após receber o valor do Grêmio e guardar no apartamento, o atleta do San Martin, da Argentina, deixou o local para jogar futebol com os amigos. Por volta das 21h35min, uma mulher chegou ao prédio em um táxi sem carregar nenhum volume. Antes de sair do veículo teria conversado com o motorista em português, mas, ao entrar no edifício, conversou com um funcionário do condomínio em espanhol.
A mulher ficou na residência por aproximadamente 10 minutos. Ao deixar o local, ela carregava uma sacola de papel com um grande volume. A Polícia Civil tem as imagens das câmeras de segurança, mas só irá divulgar após o avanço da investigação. O objetivo é não atrapalhar o trabalho de identificação e prisão da envolvida. Não está descartada a participação de mais pessoas na ação. (Correio do Povo)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.