Se você ♥ Bahia, clique em

Camaca: Indígena foi morto por dívidas de drogas, ordem de matar saiu do presídio de Itabuna

Na última segunda feira (7), outro indígena foi morto com arma de fogo. Antonio Carlos Santana Santos, da Aldeia Caramuru.

O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT), esteve no local .

Mais um indígena de Pau Brasil, foi encontro morto em São João do Panelinha, distrito de Camacan. A vitima, identificada como Alessandro Souza Santos, estava desaparecida deste ultimo sábado (5). Alessandro aparentava ter sido morto com golpes de facão e arma de fogo. De acordo com in formações das autoridades policiais ao Portal O Tempo Jornalismo, a vítima foi morta por causa de dívidas de drogas com traficantes.

O mando do homicídio teria partido de traficantes encarcerados no presídio de Itabuna. Segundo informações policiais, o crime ocorreu na noite de sábado, e quando encontrado, o corpo já estava sendo devorado pelos urubus.

O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT), esteve no local e, após o levantamento cadavérico, removeu o corpo para Itabuna, onde foi necropsiado. Foi o segundo caso envolvendo um indígena de Pau Brasil nas últimas 48 horas.

Na última segunda feira (7), outro indígena foi morto com arma de fogo. Antonio Carlos Santana Santos, da Aldeia Caramuru, foi executado com um tiro de escopeta na cabeça.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.