Preso acusado de invadir igreja e quebrar imagens em Itanhém

Na confusão, uma vela, que estava no altar, caiu no chão, colocando fogo no local.

Polícia Militar de Itanhém, após buscas, prendeu nesta quinta-feira, dia 16 de novembro, Valdemir Pereira Lima, de 39 anos, acusado de invadir uma igreja e destruir imagens de anjos do altar em Itanhém.

O ataque aconteceu horas antes da prisão, quando era realizada uma oração na igreja católica Matriz da cidade. Segundo o secretário paroquial, Cláudio Mathias, algumas idosas participavam da prece quando Valdemir entrou no templo religioso. Uma delas tentou conter Valdemir, mas ele fugiu.

Na confusão, uma vela, que estava no altar, caiu no chão, colocando fogo no local. Contudo, as chamas foram contidas. Na manhã desta sexta-feira (17), a polícia confirmou que o acusado sofre de distúrbios psicológicos, o que poderia ter motivado a invasão. Ele já tem outras passagens pela polícia. (Ronildo Brito)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.