Ladrões cortam mão e braço de trabalhador de Buerarema

O caso está sendo investigado pela polícia local e com o apoio da sede 6ª Coorpin.

O trabalhador rural Derivaldo, de 57 anos, foi vítima de uma crueldade sem limites, há 15 dias, no zona rural de Buerarema. Bandidos invadiram o local onde ele trabalha na procura de cacau para roubarem.

Como não encontraram o produto, eles, de posse de um facão, deceparam a mão esquerda e cortaram o braço direito de Derivaldo.

De acordo com a vítima, os criminosos fizeram uma onda de terrorismo com todos que estavam na fazenda, gritaram muito e se mostravam violentos. O caso está sendo investigado pela polícia local e com o apoio da sede 6ª Coorpin. (Plantão Itabuna)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.