Justiça decreta prisão de 4 suspeitos de agredir e arrastar jovens com carro em Ilhéus; uma das vítimas morreu

  A delegada contou ainda que os três rapazes que se apresentaram estavam em outra cidade, porque supostamente teriam recebido ameaças de morte.

A Justiça decretou, na tarde desta quinta-feira (7), a prisão dos quatro homens suspeitos de agredir e arrastar dois jovens com um carro na cidade de Ilhéus, sul da Bahia. Uma das vítimas, Luís Felipe Moraes, de 23 anos, que sofreu traumatismo craniano, morreu. O outro agredido, João Marcos, está internado sem previsão de alta.
Segundo a polícia, o caso ocorreu após uma discussão na saída de uma festa, no dia 12 de novembro. Os suspeitos foram identificados como Wesley Herval Guimarães Santos, Sávio Ferreira Almeida, Uallas Nunes Alas e Fellipi Veiga Louro de Souza. Todos estão sendo procurados.
Luís Felipe Moraes teve a morte cerebral constatada no dia 26 de novembro, duas semanas depois das agressões. A vítima estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Base de Itabuna.
Ele foi atacado por um grupo de quatro rapazes após sair de uma festa com o amigo João Marcos Andrade, em um trecho da BR-415. João Marcos segue internado no Hospital Regional de Ilhéus. O estado de saúde dele é estável.
De acordo com a delegada Andreia Oliveira, que investiga o caso, somente um dos suspeitos não se apresentou à polícia para prestar esclarecimentos. Els não ficaram presos porque os mandados de prisão ainda não tinham sido expedidos.
A delegada contou ainda que os três rapazes que se apresentaram estavam em outra cidade, porque supostamente teriam recebido ameaças de morte. Os suspeitos vão responder por homicídio e tentativa de homicídio.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.