Itabuna: Treinador de futebol é morto a facadas em briga após campeonato amador

A situação ocorreu no cruzamento entre as Ruas Rio Branco e da Glória, no bairro Califórnia. Conforme a polícia, durante a confusão, um outro homem também foi ferido.

No entanto, a polícia diz que a vítima seria um dos envolvidos na discussão, mas não detalhou o que houve.

Um treinador de futebol de 41 anos foi morto a facadas em uma briga, na noite do domingo (14), após um campeonato amador, na cidade de Itabuna, no sul da Bahia. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (15). A família de Alexandro Alves Santana, mais conhecido como Amaral, afirma que a vítima tentava apartar a briga quando foi ferido. No entanto, a polícia diz que a vítima seria um dos envolvidos na discussão, mas não detalhou o que houve.

A situação ocorreu no cruzamento entre as Ruas Rio Branco e da Glória, no bairro Califórnia. Conforme a polícia, durante a confusão, um outro homem também foi ferido. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital de Base de Itabuna, onde foi atendida e, em seguida, liberado. Já o corpo do treinador foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna. Alexandre Alves será enterrado no Cemitério Campo Santo, na cidade, no final da tarde desta segunda-feira.
O crime ainda está sob investigação, mas a polícia informou que um suspeito de ter cometido o assassinato já foi identificado. O homem é procurado pela polícia. Ainda segundo a polícia, o rapaz morto era professor em uma escola de futebol e era conhecido na cidade.

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.