Homem é procurado por estuprar enteada e dar R$ 10 para ela não contar

Após saber que a polícia estava em seu encalço, Genivaldo fugiu tomando rumo ignorado.

Genivaldo Santos da Rocha, que é pedreiro e convivia com a mulher há dois anos.

Um homem de 39 anos está sendo procurado pela polícia, suspeito de estuprar a enteada de 10 anos, em Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. Segundo a mãe da menina, que não quis se identificar, o homem ainda ofereceu dinheiro para que ela não contasse sobre o abuso.

Não foi informado quando a agressão aconteceu. “Ameaçou bater se ela contasse para mim, deu R$ 10 para ela não contar, e disse que no outro dia dava mais R$ 15 para ela”, relatou a mulher, que tem cinco filhos, sendo apenas um com o suspeito, Genivaldo Santos da Rocha, que é pedreiro e convivia com a mulher há dois anos.

Celma Bento, presidente do Conselho Tutelar da cidade, informou que a mãe da criança ainda acrescentou que, no último domingo (3), o suspeito agrediu outro filho dela, um menino de dois anos. “Ele acabou agredindo fisicamente um bebê de dois anos, que não é filho dele, que tem marcas. A gente também vai levar à delegacia e prestar boletim de ocorrência”, diz. (G1)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.