Criminosos degolam e mandam imagens das vítimas á familia pelo Whatsapp

Toda a ação foi filmada pelos próprios criminosos e em seguida enviado aos seus familiares.

Os corpos de Micael Nascimento dos Santos, de 21 anos, e Emerson Rocha Pereira, 22, ambos moradores de Camaçari, desaparecidos desde a última quarta-feira (15), foram encontrados na noite deste sábado (19), no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. Segundo informações, os corpos foram abandonados dentro de malas por um carro já em estado avançado de decomposição na rua Travessa Gerino de Souza Filho, em Itinga, Lauro de Freitas.

O crime chocou os familiares das vítimas que receberam vídeos, através do aplicativo WhatsApp, que mostravam a dupla sendo torturada e assassinada dentro de uma casa, e em seguida, levados para um matagal. Nas imagens, os assassinos demonstram demasiada frieza e excessiva crueldade, eles aparecem torturando Micael e Emerson, numa região de mata. Depois, com os jovens dentro de cova, os criminosos usam um facão para golpear a vítima várias vezes. Por fim, outro usa pedaços de madeira parar terminar a execução.

Toda a ação foi filmada pelos próprios criminosos e em seguida enviado aos seus familiares pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. “Mandou pegar nós pega”, diz um trecho do vídeo. Micael e Emerson moravam em um condomínio do Minha Casa, Minha Vida localizado nas imediações da Estrada da Cetrel, em Camaçari. De acordo com parentes, há duas semanas atrás, os jovens teriam se envolvido em uma rixa no condomínio. Micael chegou a ser atingido com um tiro de raspão no braço direito. Depois deste episódio, os jovens teriam fugido do bairro e foram para um sítio na região do Jambeiro, em Lauro de Freitas. (Simões Filho Online)

Comentários

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.